terça-feira, 19 de outubro de 2010

Empty

Um sentimento vazio que perturba-me nesse comecinho de noite. Como se minha alma tivesse deslocado-se para algum lugar, distante. E agora minha mente não sabe mais me dizer quem sou, quem fui. Procurei por alguma pista, algo que me dissesse aonde estou. Meu corpo, vazio, espera doentio a minha volta. Então, quem sou, aqui e agora? Apenas uma coisa vazia, andando por aí vagamente, a procura do próprio eu. Tentando encontrar-se novamente, antes do fim. Aquele que se aproxima. Olhos vazios, passos que não levam a lugar algum. Silenciosamente, espera. Um dia há de se encontrar!

Um comentário:

  1. é sair do próprio corpo, pra fugir dos nossos tormentos internos pra buscar algum lugar que seja mais calmo, um lugar onde hajam respostas pra todo esse vazio. sofro também. bjs

    ResponderExcluir