terça-feira, 12 de outubro de 2010

Então, haverá esperanças para mim?

     Todo dia a mesma coisa. Você vem e diz que não me merece, que sou boa demais. Acontece que eu não sou nem um pouco boa. Mas você insiste nessa ideia e eu não consigo te fazer tirá-la da cabeça. E o meu medo é de que algum dia eu realmente venha a acreditar nisso.
      Você pediu um tempo, eu te dei esse tempo. Eu respeitei. Poderia então, por favor, parar de ficar me dizendo tantas coisas? Isso me machuca. Machuca saber que você pensa não ser boa para mim. Você é tudo o que eu mais quero! Eu não consigo imaginar meu futuro sem você ao meu lado, e a cada vez que tu diz isso, mais borrado meu futuro aparece perante aos olhos do meu coração. 
     Você diz me fazer mal. Você acredita que eu seria mais feliz com outra. Mas acontece que aqui só tem lugar para você. Você me fala tantas coisas irreais...

      E sabe qual é o pior de tudo? É não saber se depois disso eu vou querer algum dia voltar. Esse é o meu maior medo! 
     Você foi boa demais para mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário